Loading...

sábado, 22 de outubro de 2011

AGORA FODEU! OU NÃO?

CAI A FICHA, FINALMENTE……

Mal havia amanhecido eu me preparava para receber a segunda seção de quimioterapia para combater uma leucemia linfoide, agressiva com duplo comportamento.

Entra no quarto da Beneficência Portuguesa de Campinas, o Dr. Aranha. Pude ler nos seus olhos que as notícias não eram boas, coisa de treinador que viveu anos observando gente sabe?

Bem, dos meus queridos 7 (sete) irmãos, nenhum havia sido compatível comigo e portanto, não posso transplantar estas abençoadas medulas e resolver este problema.

Resta o banco de medulas ( mundial), com chances bem menores do que com os irmãos claro, afinal com eles era de 25% cada um a minha chance de encontrar compatibilidade.

Iniciei esta narrativa, pelo final, afinal, não gosto de dramas nem de surpresas, sempre digo que a ignorância não me faz bem, portanto desejo ser pratico, sucinto e objetivo.

Antes de pensar em perguntar a DEUS, porque deste premio, a ficha caiu....

Se houvesse compatibilidade, eu voltaria ao hospital, receberia o transplante, iria para casa e após minha recuperação, a minha vida voltaria ao normal, e isso é fato!

É fato também que tenho mais de 2000 amigos entre parentes e pessoas que conhecem e nutrem por mim e pela minha história de vida um sentimento capaz de movê-las numa ação sem precedentes em busca de uma única medula compatível para eu viver! , e isso talvez seja fato.

Então pensem, se muitos se habilitarem a fazer o teste e doar, a minha chance estará ligada a uma ação muito maior de DEUS:

Quantas pessoas poderão ser salvas independentes de mim?

Quantas crianças estão esperando uma medula compatível, que pode ser de uma pessoa que neste momento, nem se lembra que existe esta aflição, como eu, sim como eu que nunca pensei nisso!

 Então a ficha caiu... tenho 55 anos, vivi uma vida muito legal, pretendo continuar merecendo existir por aqui, mas....estas outras pessoas que passam por isso, merecem uma chance, então DEUS me fez ver que a verdadeira missão, é merecer enquanto abro mão do que me é precioso para potencializar as chances entre outros irmãos, que são filhos únicos e jamais encontrariam um irmão de sangue compatível.

Entenderam?

Então cabe a nós doarmos e arrumarmos um barulho incrível para que mais gente doe...este é o trabalho que nos foi delegado, e pelo qual sou muito grato.

Obrigado DEUS pela oportunidade e pela quantidade e qualidade dos que me cercam, e principalmente por me fazer entender que “EU VALHO MAIS COM LEUCEMIA”.

Antonio Carlos de Andrade (Tunico)

Nenhum comentário:

Postar um comentário